Menu Contacto A propósito de Líbano Arte, Objetivo Libro de honor Curriculum vitae A propósito de Joseph Matar Líbano Arte e-mail




Líbano Arte

Curriculum Vitae

 

J. Matar

Curriculum Vitae:

Nascido em 3 de agosto 1935, em Ghadir-Jounieh (Líbano).
De nacionalidade libanesa e francesa.
Estudou o 1º e 2º grau no Colégio Frères Maristes-Jounieh

Estudos artísticos de pintura (bolsas governamentais):

Madrí, 1961-1963
Paris, 1963
Roma, 1973
Paris, 1985

Na escola dos Mestres:

No ateliê do Mestre Omar Onsi, de 1951 a 1961;
No ateliê do Mestre Georges Corm, de 1958 a 1961;
No ateliê do Mestre Rachid Wehbé, de 1956 a 1961;
No Centro Cultural Italiano de Beirute, de 1955 a 1957;
Na Escola Superiora de Letras de Beirute, de 1955 a 1957;
Na Faculdade de Medicina de Beirute (anatomia), de 1958 a 1959.

Diplomas:

• Diploma de Altos Estudos de pintura: Universidade de Madrí e Escola San Fernando de Belas Artes, 1961 a 1963;
• Doutorado du 3º ciclo da Universidade de Paris “Artes plásticas: tecnologias e expressões picturais”;
• Doutorado de Estado em 1999, da Universidade Libanesa.

Posição profissional:

• Membro do quadro do ensino oficial libanês, 1954;
• Responsável da reciclagem em desenho e pintura dos professores dos Lycées de Beirute, Byblos e Tripoli, desde 1965;
• Professor na Escola de Belas Artes da Universidade Saint-Esprit, Kaslik, desde 1963;
• Professor titular da Universidade Libanesa;
• Chefe do departamento “Desenho e Pintura” no Instituto de Belas Artes na Universidade Libanesa, de 1980 a 1985 e de 1994 a 1996, e membro do Conselho do Instituto.

Exposições:

• Mais de sessenta e cinco exposições particulares no Líbano e no mundo.

- 1961 – Salão privado, Jounieh
- 1964 – Hotel Carlton, Beirute
- 1965 – 1º Salão de Arte Sacra, Universidade Saint Joseph, Beirute
- 1966 – Salão de Arte Sacra, Seminário de Ghazir
- 1967 – Hôtel de Ville, Jounieh
- 1968 – Hôtel Carlton, Beirute
- 1970 – Universidade Saint Joseph, Beirute
- 1971 – Cidade de Ajaltun
- 1972 – Universidade Saint Joseph, Beirute
- 1973 – Hôtel Carlton, Beirute
- 1974 – Centro Cultural Hispânico, Beirute
- 1976 – Agosto: no Clube de Zahleh, em São Paulo-Brasil
- 1976 – Julho: no Clube Monte-Líbano, no Rio de Janeiro, Brasil
- 1976 – Setembro: em Belo Horizonte-Brasil
- 1977 – Centro Cultural de Jounieh
- 1977 – Galeria Drap d’Or, Cannes-France
- 1978 – Gruta dos peixes, Jounieh
- 1979 – Casino do Líbano
- 1979 – Exposição de Aquarelas no clube ATCL, Jounieh
- 1980 – Maio: Conselho Superior de Cultura e de Ciência - Kuwait
- 1980 - Maio, junho: Galeria Le Prisme, Jaal el Dib
- 1980 – Dezembro: Santa Rafca, Jal el Dib
- 1981 – Avril: Centro Cultural Hispânico, Beirute
- 1982 – Maio: Galeria Le Prisme, Jal el Dib
- 1983 – Fevereiro: Centro Cultural Hispânico, Beirute
- 1984 – Galeria Le Prisme, Jal el Dib
- 1986 - Centro Cultural Hispânico, Beirute
- 1987 - Galeria Le Prisme, Jal el Dib
- 1988 – Centro Cultural de Miziara, Líbano
- 1989 – Dezembro: no Palácio Presidencial, Baabda
- 1990 – Atividades de curto prazo em várias cidades – Líbano
- 1991 – Abril: Desenhos e estudos – Galeria Le Prisme, Jal el Dib
- 1991 – Setembro: Aquarelas, Kano-Nigéria
- 1992 - Fevereiro: Aquarelas, Costa do Marfim
- 1993 – Novembro: Foyer Franco-Libanais, Paris
- 1995 – Junho: Galeria Le Prisme, Jal el Dib
- 1996 – Fevereiro : Galeria Jade, Rue des Trois Mariés, Lyon-França
- 1996 – Junho: Galeria Matignon, Sin El Fil
- 1996 – Abril, maio: Mairie du 8ème arrondissement, Lyon-França
- 1996 – Outubro : Centro de Intercâmbio cultural, Elac, Lyon-França
- 1996 – Outubro, novembro: Cité des Artistes, Morestel, França
- 1997 – Março: Galeria Echos, Jounieh, Líbano
- 1997 – Novembro: Galeria Jade, Rue des Trois Mariés, Lyon-França
- 1998 – Maio : Société Générale Libano-Européenne de Banque – Sin El Fil
- 1999 – Janeiro : Table d’hôte des caves de France
- 1999 – Maio : Artesanato, Jounieh
- 2000 – Junho: Artesanato Libanês – Jounieh
- 2001 – Março: Villa Sursock - Beirute
- 2001 – Dezembro: Hôtel de Ville - Jounieh
- 2002 – Outubro: E.A.U., Abu Dhabi
- 2002 – Novembro: A.D.G. Galeria - Beirute
- 2003 – Uma aquarela do artista (32x50cm – $900 USD) foi vendida ao apostolado nacional dos maronitas (Julho 9 – 13, 2003)
- 2003 – Dezembro: Hotel Intercontinental Phoenicia - Beirute
- 2004 – Agosto: Noite musical Beit Chabeb, Líbano
- 2004 – Dezembro – Galeria Surface Libre – Jal el Dib, Líbano
- 2005 – Setembro – Al Riad, Arábia Saudita, de 27 de setembro a 9 de outubro 2005
- 2006 – Junho: Universidade Moyen-Orient - Beirute
- 2007 – Dezembro – (Sépia) Hospital Libanês - Beirute
- 2008 – Agosto, Centro Arts et Métiers, Byblos, Líbano
- 2009 – Agosto, centro Cultural em Mtein, Líbano
- 2010 – Julho, Fundação Safadi, Tripoli, Líbano
- 2010 - Setembro, Centro Cultural em Bikfaya
- 2010 - Dezembro, Palácio das Nacões Unidas em Genebra, Suíça

• Presença da obra do artista pintor em várias coleções particulares, galerias, estabelecimentos públicos, privados e religiosos no mundo:
França, Espanha, Itália, Bélgica, Suiça, Grã-Bretanha, Alemanha, Vaticano, Estados-Unidos, Canadá, México, Ururguai, Colombia, Venezuela, Argentina, Nigéria, Costa do Marfim, Gana, Brasil, Kuwait, Chipre, Abu Dhabi, Iraque, Síria, Jordânia, Arábia Saudita, Emirados e Egito.

Entrevistas:

• Curso de arte na televisão libanesa para todos os alunos de universidade e de escolas normais.
• Várias entrevistas no rádio libanês, no Voz da América, no Rádio Monte-Carlo, no BBC, no Rádio do Kuwait, França.
• Várias entrevistas nos canais de televisão no Líbano e no Kuwait.

Publicação do artista sobre sua Arte:

• Vários artigos foram publicados na imprensa local e internacional...
• Várias conferências e conversas em diversos estabelecimentos no Líbano e no exterior...
• Apostilas para os anos de segundo grau e para a Escola Normal
• Livro do Professor (em árabe), Beirute 1973, para o centro de desenvolvimento e pesquisas educacionais.
• Publicada no livro “Cent ans d’Art Plastique au Liban 1880-1980” (Cem anos de Arte Plástica no Líbano 1880-1980) – Edição 1982.
• Álbum de trabalhos do artista: Pinturas do Líbano – Joseph Matar – Edição Tanit 1996
• Membro da organização “Art In Context”, New York – 1997.
• Publicada no livro “ Pionniers du Liban” (Pioneiros do Líbano) – Edição 2000.
• Sua obra foi objeto de análise nos estudos de Joanna Bassil (Baccalauréat em História da Arte, Universidade de Québéc, Montréal) Terça-feira, 11 de abril de 2000 – Uma questão de cultura e de formação qui se traduz na obra de Joseph Matar.
• Publicada no livro “Dreams and Fantaisies” (Silence Within) (Sonhos e fantasias) – The International Library of Poetry (Biblioteca Internacional da Poesia).
• Publicada no livro “Histoire de l’art du 20ème siècle, artiste peintre Joseph Matar” (História da Arte do século 20, artista pintor Joseph Matar), Tomo III, Academia Michelangelo de Belas Artes, Beirute, por Alice Atwé, sobre a supervisão de Bernard Renno.
• Em julho de 2001, Joseph Matar recebeu o prêmio “International Library of Poetry” (Biblioteca do Congresso ISBN-0-7951-5062-8) pelo seu talento excepcional.
• Publicada no livro “Arab Artists Resource Guide” (Guia de recurso dos artistas árabes) – Edição 2003.
• Sua obra foi estudada por Jean-Maximillien de la Croix De Lafayette (Music and Art Society of America, Inc., President Emeritus), em 6 de março de 2003 – Encontro com Joseph Matar: O artista qui comunica com a natureza e desvenda sua beleza divina!
• Sua obra foi estudada por Joan Luís Montané, da Associação Internacional dos Críticos de Arte.
• Pubicada na revista “Amman”, número 100 – outubro de 2003.
• Em novembro de 2003, Joseph Matar recebeu o prêmio “Said Akl” pelo seu talento excepcional.
• Publicada na revista “Cantos Cadre”- Canadá, Volume 2 – outono de 2003.
• Uma obra do artista foi reproduzida no cartão de convite (20.000 cartões impressos) para comemorar o massacre dos Palestinos em Deir Yassin, em 1948, no Royal Geograhical Society, Kensington Gore, Londres SW7 (4 de abril de 2004).
• Sua obra foi estudada por David Nye, maio de 2003,”Riqueza da criatividade artística e abundância de cores hipnotizantes e multidimensionais – O último Hurra dos últimos grandes mestres do grande Oriente”.
• Sua obra foi exposta na galeria “Images of Eyes”, outubro de 2004.
• Publicada na revista “New York arts Magazine”, Volume 9, nr.11/12, 04, New York USA.
• Publicada no Dicionário Drouot Cotation 2004, 2005, 2006, 2007, 2008 – Larousse Diffusion.
• Publicada no livro “Christianisme Oriental Kérygme et Histoire” (Cristianismo Oriental Kérygme e História), Geuthner, 2007.
• Publicada no livro “ Encyclopedia of the 21st Century: Biographies and Profiles of the First Decade” (Enciclopédia do Século 21: Biografias e Perfis da Primeira Década), publicado por Times Square Press (New York), 2008.
• Publicada no livro “Les nouveaux Gulliver” (Os novos Gulliver), por Jean Marcoux, Edição Pour Tous, 2008.
• Publicada no livro”Wild Mulberries”, por InterLink Books, 2008.
• Publicada nas revistas Byblos Art e Byblos Switzerland, por Joseph Yammouni, 2008.
• Em outubro 2008, Joseph Matar recebeu o prêmio”Mubadarat”, em Beit Anya-Harissa, pelo seu talento excepcional.
• Publicada no livro “Ainsi parlait Jésus” (Assim falava Jesus), por Claude Guérillot, Edição Véga, 2009.
• Joseph Matar no Wikipédia, 2011
• Mencionado no livro "A Virgem ao Menino no país dos cedros", por Michele Azzi, 2011

Para informações adicionais sobre o artista, pintor e poeta
Joseph Matar, favor visitar a seção em língua
francesa ou inglesa

Pintura a óleo | Aquarela | Os estudos | As paletas do artista | Novidades | As grandes obras | Poesia
Introdução
| Curriculum Vitae | Artigos | Livro de Honora | Imprensa J. Matar | Objetivo | Prêmios | Artistas
Link
| Cartões de votos | Álbum | Imprensa - Líbano arte | Reprodução de obras | Contato
Inglês -- Francês